terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Próximo Segundo

O ano está acabando e outro está batendo à porta cheio de oportunidades.
Estou ouvindo bastante isto nos últimos dias. Muitas pessoas na expectativa da virada do ano para ver as realizações tão esperadas chegarem.
Aquele emprego novo, o regime que começa dia 2, um novo curso, a economia que vai melhorar para que eu possa fazer algo. Promessas que sempre estamos ouvindo neste período do ano e nos apegamos a uma ideia de que tudo pode mudar depois da virada.
Ficamos o mês de dezembro quase todo na expectativa de dias melhores. Deixamos muitas vezes de tomar atitudes importantes porque o ano está acabando e ninguém faz mais nada.
Mas, você já parou para pensar que o ano novo é apenas uma mudança de um segundo no relógio? Baseado nisso, porque essa mudança de um segundo só precisa acontecer do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro?
Durante um ano inteiro você tem 31.536.000 segundos. Vou escrever por extenso para entendermos melhor: Trinta e um milhões, quinhentos e trinta e seis mil segundos. 
Quando o ano é bissexto ainda temos mais 86.400 segundos.
Isso mesmo. Você tem durante o ano inúmeras oportunidades para fazer com que as coisas comecem a mudar na sua vida. Todo segundo podemos fazer um ano novo. É uma questão de atitude.
Não precisamos ficar esperando uma queima de fogos para as coisas mudarem.
Precisamos sim ter uma queima de fogos interna que nos motive a dar um passo diferente e começarmos o nosso ano no momento em que queremos.
Sei que existem muitas coisas que não dependem de nós e tem o tempo certo para acontecerem. Mas estou falando das coisas que dependem somente de nós mesmos.
Enquanto estou escrevendo aqui sei que tem muitas pessoas que comemoram o ano novo o ano inteiro, mas também muitas pessoas que estão de braços cruzados esperando que o próximo ano venha completamente diferente, como num toque de mágica.
Escolha que pessoa você quer ser: A pessoa que vê a banda passar ou a que escolhe qual música a banda toca.
Feliz Próximo Segundo para você. 

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Escolha Certa


Desde criança estamos expostos a fazer escolhas nas mais variadas áreas. Precisamos decidir que caminhos seguir sempre. Quando pequenos temos que decidir se obedecemos nossos pais ou ficamos de castigo.
Já na juventude as escolhas se transformam no primeiro beijo, no primeiro namorado, nos estudos, no que comer quando vamos passear (geração fast food).
Já um pouco mais velho continuamos a fazer escolhas na profissão, nos clubes, com os filhos e por aí vai.
Estes caminhos vão definir o que poderá acontecer com nossas vidas num futuro breve ou até mesmo num futuro bem distante.

´´Ao fazermos uma escolha deixamos de escolher todas as outras coisas.``
É nessa frase que quero basear meu pensamento de hoje.
Muitas vezes não damos importância para as pequenas escolhas, mas uma escolha diferente pode nos levar a caminhos totalmente diferentes do que planejamos para nossas vidas.
Uma gravidez indesejada, uma doença transmitida por falta de cuidados, uma fala mal interpretada que pode causar uma confusão generalizada são algumas consequências de uma escolha mal pensada.
Muitas dessas escolhas são feitas em conjunto com os pais, com os cônjuges, com os filhos e até mesmo com os amigos, ou colegas de trabalho.
Então fico muito à vontade para falar desse assunto. Fiz e ainda faço muitas escolhas que me levam para caminhos que me darão excelentes frutos, mas também já fiz escolhas e tento não fazer mais que me levaram para onde eu não queria e também para caminhos sem volta.
Dito isto te convido para refletir melhor antes de fazer suas escolhas. Ao fazer minha principal escolha em 2005, minha vida mudou completamente, para melhor.
Esta escolha nem eu, nem ninguém pode fazer por você. Somente você pode escolher por você mesmo. Somente esta escolha será o Caminho mais fácil para todas as outras escolhas acertadas que você terá na sua vida.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Mudando de Comportamento

Ultimamente tenho andado muito de Uber e de Táxi, e como sou muito observador, fico prestando atenção em todos os detalhes e converso muito com os motoristas.
Rapidamente pude elencar algumas percepções. O Uber veio pra tentar fazer a diferença em um serviço exclusivo de taxistas e propôs mudanças bruscas de atendimento ao cliente neste setor. Carros bons e novos, motoristas educados, água e balinha (que particularmente acho desnecessário), preços reduzidos e outras pequenas regalias a mais que caíram no gosto do consumidor.
Assim, o mercado de transporte de passageiros em carros pequenos transformou sua visão e consequentemente, muitos taxistas aderiram a esta ideia, passando a dar descontos e mudando o atendimento interno ao passageiro. A competitividade aumentou e quem ganhou com isso foi o cliente.
Mas, nem tudo são flores. Com a crise financeira que transborda em nosso país e com a maré de desemprego, muitos começaram a se aventurar no serviço de Uber. Como consequência rápida disso carros mais velhos, motoristas de bermudas e até de chinelo, muitos deles totalmente despreparados para o serviço, estão rodando pela cidade para fazer sua segunda renda e, em muitos casos, a sua primeira renda.
Tiro disso tudo, duas conclusões: a primeira é o fato de que sempre acreditei e continuo acreditando que o homem sempre pode mudar. Note que muitos desses motoristas tentam ser educados para mostrar que estão servindo bem, ou seja, tentam melhorar.
 A segunda conclusão está baseada totalmente na Bíblia no livro de 1 Coríntios, capítulo 10 verso 12: ´´Aquele, pois, que pensa estar em pé, cuide para não cair``.
Muitos de nós estamos tentando acertar e mudamos para melhor por um determinado tempo. Mas, muitas vezes não vigiamos e relaxamos, deixando de lado o que realmente nos sustenta em pé achando que já estamos firmes e inabaláveis.

Cuidemos em todas as áreas da nossa vida, pois precisamos estar de pé. Essa é uma caminhada longa que precisa sempre de autoanálise e de renovo, todos os dias.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Se Passando Por Sábio

Várias vezes ficamos observando as pessoas e notamos que muitas dessas pessoas falam demais. Falam demais em dois sentidos: Porque realmente não param de falar transformando os diálogos em monólogos e também as pessoas que falam o que não deveriam falar ou falam em hora inapropriada.
Baseado nisso, remeto-me a um texto bíblico em Provérbios 17:28 que diz assim: ´´Até o tolo, estando calado, é tido por sábio; e o que cerra os seus lábios, por entendido``.
Muita gente pode dizer assim: E eu com isso? E eu te respondo: Muita coisa. Se você tentar falar menos você terá muitas vantagens que podem no decorrer do tempo transformar seu modo de vida e de pensar. 
Posso citar algumas dessas vantagens imediatas na nossa mudança de falar: 
* Tempo maior pra pensar nas respostas: esse tempinho a mais que você não responde de imediato lhe dará uma melhor elaboração de resposta.
* Não ser mal interpretado: com uma resposta melhor elaborada você fará se entender melhor e evitará colocar palavras na sua boca que podem ofender alguém. 
* Quero ser feliz em vez de ter razão: Às vezes queremos ter razão de qualquer maneira e acabamos passando por cima de tudo e de todos, talvez ficar calado naquele momento vai preservar amizades e tornarmos mais felizes no final das contas.
Temos muitos exemplos sobre as vantagens de falar menos, mas gostaria que esse exercício de descoberta dos outros exemplos fosse realizado por cada um de nós. Esta descoberta será prazerosa.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Sua Atitude Depende de Alguém?

Hoje tive a oportunidade de participar do projeto ´Pais na Escola´ com meu filho que tem pouco mais de dois anos. Como as crianças cansam de nos ensinar diariamente, fiquei bem atento a tudo e a todos na hora do projeto.
Lá foi contada uma historinha da galinha da cabeça vermelha que queria fazer um bolo e pediu ajuda a cada um dos outros animais da fazenda (cavalo, ovelha, vaca, etc) e todos se disseram ocupados e que não podia ajudar naquele momento. A galinha fez tudo sozinha e o bolo ficou pronto com o cheiro se espalhando por toda a fazenda. Logo todos os animais vieram ao seu encontro pedir um pedaço desse bolo. A galinha recusou e comeu tudo sozinha.
Minhas constatações vão em dois rumos dessa pequena história.
O primeiro é que mesmo sem ter a ajuda de ninguém, a galinha continuou perseverante e fez tudo sozinha sem ajuda de ninguém e o bolo ficou maravilhoso mesmo assim. Pergunto: Quantas vezes as pessoas dizem não e por isto você desiste de seus planos e fica de braços cruzados esperando cair uma ajuda do céu? Somos tão dependentes da ajuda dos outros ou do consentimento e aprovação das pessoas para que possamos chegar a algum lugar?
Já no finalzinho da história podemos observar outro ponto importante: Depois de negada a ajuda ou apoio, mesmo assim você conseguiu atingir o seu objetivo, ás vezes chegou até mais longe. Pela falta de ajuda ou incentivo você fechou seu coração e negou a melhor parte do objetivo: dividir as conquistas. Será que só podemos dividir nossos sonhos realizados, nossas conquistas ou ajudar e presentear as pessoas se tivermos ajuda de alguém? Se a vida e o mundo nos maltratou temos que dar o troco e sermos tão rude quanto? 
Passamos a vida negando as coisas a Deus, mas quando precisamos Deus sempre tem um colo para nós. Mesmo que seja pra nos ensinar.  Por que então, não aprendemos com Ele e também abrimos o nosso coração sendo canal de benção para as pessoas, mesmo que essas pessoas tenham fechado as portas para nós?
Nossa atitude não depende da atitude de ninguém. Um gesto errado que tenha nos magoado ou dificultado chegar aos nossos objetivos não pode fazer com que atinja nosso coração de forma negativa. Pelo contrário. Nosso exemplo de não revanchismo pode servir de luz para muita gente.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Tá Preocupado Por Quê?

Passamos atualmente por momentos muito difíceis na nossa economia e com muita gente desempregada, sem ter uma fonte de renda para poder prover as suas necessidades básicas e de sua família.
O problema é que nós nos acostumamos a consumir bens para consumo próprio sem pensar no dia de amanhã.  Não sou contra as pessoas terem além de suas necessidades básicas aquele desejo especial atendido. Acredito que precisamos ter sim dignidade em nosso viver. Mas dignidade não passar por ter as coisas por apenas ter ou para ostentar. Vivemos hoje em meio a uma população que tem mais aparelhos celulares com funções que nunca usamos do que habitantes no país. Faz sentido isso? 
Vivenciamos numa bolha financeira que nos induziu a isso e não nos ensinou a planejar o futuro e nos preparar para momentos difíceis. Sim, por mais que estejamos bem em um determinado tempo, estamos sujeitos sempre a turbulências. São nesses momentos que quem se preparou para isto passará com tranquilidade e sem maiores sustos.
Vejo muita gente de braço cruzado sem ter o que fazer, sem saber que caminhos seguir e sem conseguir enxergar novos horizontes.
Tento enxergar tudo isso por um outro lado e começo a perceber que o problema passa muito mais por nós mesmos do que por medidas de (des)governo  desse ou daquele governante. 
Hoje nas ruas é fácil se ver pessoas fazendo coisas que normalmente não fariam, mas se adaptaram a atual situação em vez de ficar esperando solução milagrosa que as deixem novamente na sua zona de conforto.
Isso mesmo, o ser humano sabe lutar e enfrentar momentos difíceis de formas criativas. Por isso não podemos esperar o milagre cair do céu. Deus até pode fazer esse milagre quando quiser. Porém Ele nos dá a oportunidade de nós mesmos lutarmos para mudarmos esta situação.
Você pode até mudar seu cardápio ou sua rotina de fim de semana, mas tem que ter em mente que Deus não te abandonará jamais. Basta você querer e arregaçar as mangas e começar a mudar seu próprio destino. O básico não te faltará se estiveres junto a Ele.
Em Mateus 6 nos versos 25 a 34 diz: ´´Portanto eu lhes digo: não se preocupem com suas próprias vidas, quanto ao que comer ou beber; nem com seus próprios corpos, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante do que a comida, e o corpo mais importante do que a roupa?
Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não tem vocês muito mais valor do que elas?
Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?
Por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo seu esplendor, vestiu-se como um deles.
Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, não vestirá muito mais a vocês, homens de pequena fé?
Portanto, não se preocupem, dizendo: ´Que vamos comer?` ou ´que vamos beber?` ou ´que vamos vestir?` Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas. Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.``
E Agora? O que faremos? Quem devemos procurar em primeiro lugar?
Fica a dica

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Sabendo Ajudar

Hoje em dia está na moda pessoas se incluírem em algum grupo que faça o bem. Este grupo pode ser de doações de caridade, ajuda a terceiros (velhinhos, crianças, doentes), grupos de oração e por aí vai.
Acontece que, às vezes, encontramos nesses grupos pessoas que apenas estão ali sem realmente saber por que estão ali. Você faz parte de algum destes grupos? Sabe realmente porque está lá? E sabe o que está fazendo?
Não estou aqui dizendo que essa ajuda não é válida. Muito pelo contrário. Para quem realmente está precisando, toda e qualquer ajuda é boa. Mas gostaria que essa ajuda ou engajamento fosse aproveitado de uma forma melhor.
Quando realmente sabemos o que estamos fazendo e quando o prazer que sentimos em fazer está claro, conseguimos alcançar um objetivo muito maior.
Primeiramente, as pessoas que estão sendo assistidas vão sentir de você uma vibração muito maior e verdadeira. Você também será atingido por essa ajuda a terceiros, se beneficiará disso. Nosso aprendizado ao servir alguém alcança um nível inimaginável.
No fundo, somos nós mesmos os maiores beneficiados de tudo isso. Aprendemos coisas que jamais pensamos e nosso coração ficará mais aberto e misericordioso.
Então vamos parar de servir por servir, para apenas sair na foto e mostrar aos seguidores de nossa rede social. Vamos avaliar o real sentido dessa ajuda que estamos querendo dar. Temos que ir por vontade própria e com um desejo sincero de servir e poder fazer a diferença.
O que a mão direita faz a esquerda não precisa ver, e vice-versa.
Temos milhões de oportunidades de ajudar as pessoas diariamente, mas precisamos saber por que, onde e como. Abra seu coração e isto será revelado pra você.

Tem sempre alguém em cada esquina precisando de nós.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Meus Inimigos Estão no Poder

Intitulei este artigo com uma frase de uma música muito conhecida para justamente chamar atenção sobre esse assunto.
Estamos bem próximos de mais uma eleição municipal e gostaria de falar um pouco sobre isso. Os eleitos passarão quatro anos no Paço Municipal e na Câmara dos Vereadores. Mas você sabe em quem vai votar e o conhece realmente?
Não estou aqui fazendo campanha para ninguém e nem mesmo induzindo você a votar ou deixar de votar neste ou naquele candidato.
O que na verdade quero é que nós façamos uma pesquisa sobre aqueles que nos interessa apoiar com nosso voto. Precisamos conhecer seu passado, sua família, sua vida profissional, seu dia a dia, chegar mais perto destes candidatos.
Sei que muitos irão dizer que política não lhes interessa e querem distância disto. Ou até mesmo que todos os políticos são iguais. Outros dirão que nem comparecerão às urnas.
Vamos por parte: primeiramente não acredito que todo político é igual ou não presta. Sei que tem muita gente ruim usufruindo do poder em causa própria. Porém não são todos. Ainda existe gente boa e bem intencionada na política.
Depois, tem outro porém. Suponhamos que todos sejam iguais. Vamos a cada quatro anos deixar esses mesmos políticos ´´iguais`` estarem sempre à frente da tomada de decisões de nossas cidades? Vamos deixar eles ditarem o que querem ou não fazer, cuidar (ou não cuidar) da nossa saúde, segurança, educação...? Eles vão estar sempre decidindo o que é melhor para nós e levarem vantagem por estarem nestes cargos?
Reflita! Quatro anos podem parecer pouco, mas muita coisa pode mudar nestes próximos quatro anos.
Em Provérbios 29:2 diz que ´´Quando os justos florescem, o povo se alegra; quando os ímpios governam, o povo geme``.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Sabendo Onde Pisa

Andamos diariamente por diversos lugares e caminhos onde não percebemos com quem estamos convivendo e de que maneira fazemos isso.
Sei que até parece fácil perceber esses caminhos e com quem nos relacionamos todos os dias. Porém temos que ficar atento ao que nos foge aos olhos. Muitas vezes estamos enxergando algo que não condiz com a realidade ou escutamos das pessoas somente a parte que interessa a elas nos falarem e nos mostrar.
Para tomarmos qualquer decisão ou até mesmo para sabermos com quem compartilhamos nossos sonhos e intimidades, temos que ficar atentos e conhecer melhor o terreno onde estamos pisando.
Muitos de nós temos a mania de sair falando aos quatro cantos tudo que pensamos e queremos. Se estamos em um ambiente familiar, tudo bem. Mas nem sempre estamos nesses lugares confortáveis. Em nosso trabalho, em nossa escola e até mesmo nas rodinhas de amigos existem pessoas que nos levam a agir com cautela.
Em Mateus 10:16 diz que ´´ Eu os estou enviando como ovelhas entre lobos. Portanto, sejam prudentes como serpentes e simples como as pombas``.
Não estou aqui dizendo para você ser uma pessoa trancada e viver com medo de abrir a boca. Estou sim, deixando um alerta para você conhecer primeiro o ambiente como verdadeiramente ele é, para que possa falar e fazer o que realmente deseja.

Pense antes de falar e de agir.

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Daqui Um Segundo

Por diversas vezes já me peguei, e com certeza você também,  lamentando por ter feito determinada coisa que não deveria ter feito ou de não ter feito algo que deveria ter feito.
Caso nossa atitude passada tivesse sido diferente com certeza muitas situações poderiam ter seus resultados diferentes, tanto positivamente como negativamente.
Aí bate aquele arrependimento da situação e aquela vontade de fazer tudo de outra maneira para poder se obter outros resultados .
Sei que o que já foi feito não se volta atrás. Mas sempre estamos tendo uma nova oportunidade. A cada momento estamos tendo uma nova chance de construir um novo futuro.
Tudo depende do que queremos fazer de agora em diante, onde queremos chegar e o que estamos dispostos a passar para construir um momento diferente para cada um de nós.
Vejo pessoas que se lamentam do que fizeram mas não tem uma atitude de tentar mudar e tentar fazer de forma diferente. Se acomodam e acham que aquilo não tem interferência na sua vida futura.
Sim, tudo que fazemos ou deixamos de fazer interfere em quem seremos e onde chegaremos. Das pequenas coisas imperceptíveis até as coisas maiores que são vistas a olhos nus por todos ao nosso redor e até mesmo por quem nem conhecemos.

Esse passo diferente pode ser dado no momento que você decide mudar a maneira de andar. Só depende de você. Pode ser daqui um segundo, um dia, um ano ou nunca. Você, e somente você, poderá decidir o que fazer.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Cuide-se

Hoje em dia visualizamos bastante o assistencialismo sendo praticado em muitos locais e alcançando várias pessoas. Temos visto pessoas tentando ajudar outros pessoas isoladamente, através de igrejas ou até mesmo através de outras instituições e governos.
Legal! Muito bom ver isso. Realmente tem muita gente precisando de ajuda e devemos nos preocupar com essas pessoas e tentar amenizar suas dores e sermos luz na escuridão.
Porém, tem muita gente fazendo isso de qualquer jeito e sem nenhum preparo. Indo no peito e na raça, sem saber os riscos que pode estar correndo tanto na esfera pessoal quanto na espiritual.
Não estou aqui tentando desestimular ninguém de ajudar o próximo e tentar aliviar a dor de quem precisa. Pelo contrário! Viemos a esse mundo para servir e amar o próximo como a nós mesmos. Quero mesmo é estimular cada vez mais, sendo que de uma forma mais prudente, com discernimento, sabedoria e entendendo realmente o que está fazendo.
A Bíblia relata que Deus nos capacita. Sim, eu creio nisso. Mas o capacitar bíblico inclui também o preparo espiritual. Vejo muita gente indo dar cobertores, comida, apoio e todo tipo de suporte nas praças e ruas das cidades. Temos que entender que por mais que estejamos indo com o coração puro e com todo amor, nesses lugares existem armadilhas invisíveis que podemos cair sem saber para onde estamos indo.
Ego, satisfação pessoal, influência negativa, auto-exposição, tapinha nas costas, são algumas dessas armadilhas que nem notamos que estamos caindo. Quando vemos já estamos desvirtuando o real propósito do que queríamos fazer. É preciso estar atento.
Lucas 9:25 diz:  ´´Pois que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, e perder-se ou destruir a si mesmo?``
Uma das interpretações deste texto vem ao encontro do que estou falando. Temos que nos encher e nos fortalecer antes de sairmos às ruas. Com o que e como? Você pode me perguntar! Com Aquele que é o único que sempre realmente estará conosco em todos os momentos, nos abrindo portas e caminhos corretos, nos direcionando pro lado certo e nos desviando das arapucas.

Então te convido a meditar mais e se fortalecer para que possamos ajudar mais e mais pessoas de uma forma mais sábia e prudente.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Tirando o Complexo de Vira Lata

Estamos vivendo um momento único na história de nosso país e não poderia perder a oportunidade de falar um pouco sobre isso. Estamos sediando a Olímpiada Rio 2016. Sonho da maioria das cidades mundo afora e que o Rio de Janeiro conquistou o direito, pois os Jogos Olímpicos são considerados o maior espetáculo da terra.
Mas até chegarmos ao dia da cerimônia de abertura no dia 05 de agosto, o que sempre se ouvia era que ia ser um desastre, que o país e a cidade não estavam preparados para sediar um evento de tamanha magnitude, que nada ficaria pronto e tudo se realizaria com o famoso jeitinho brasileiro.
Parecia que as pessoas estavam torcendo para que tudo desse errado e aí elas poderiam abrir a boca e falar o que sempre falam nessas ocasiões: ´´Eu não disse que não daria certo?`` ou ´´Esse país não tem jeito mesmo!``.
Porém, o que se viu a partir da cerimônia de abertura em diante foi tudo totalmente ao contrário. Uma cerimônia belíssima e uma organização, em todos os aspectos, que eu poderia dar uma nota muito alta.
Falhas? Sim, elas acontecem em todos os eventos pelos quatro cantos do mundo. Entretanto, a vontade de acertar e de resolvê-las com o mínimo de prejuízo ao evento é evidente aos olhos de qualquer um.
Podemos até ver alguns rabugentos ou ´´do contra``  sempre falando mal de qualquer coisa que aconteça. Mas, via de regra, tudo está funcionando com louvor.
Daí eu tiro alguns ensinamentos para podermos analisar: Será que não está no momento de nos reavaliarmos e pensarmos de forma diferente sobre nosso país e até mesmo de nossas atitudes? Afinal de contas nossa cidade, estado e país são feitos por nós. Se tivermos uma atitude positiva e trabalharmos em prol do bem comum construiremos um novo momento para este país.
Não estou falando de política e sim de coletividade. Não dependemos de política para podermos mudar nossas ações e consequentemente este país. A política é importante, mas já está provado que esse país é muito maior que tudo isso.
Temos pessoas capacitadas em todas as áreas e setores. Se cada um tentar fazer algo, em um breve período viveremos num país diferente.

Vamos tentar? Assim acabaremos com esse complexo de vira lata que tanto nos incomoda. 

terça-feira, 9 de agosto de 2016

A Pausa

Os tempos modernos nos recebem de forma diferente a cada dia. Na atualidade somos muito exigidos em nossas funções profissionais ou familiares. Nunca temos tempo para nada. Sempre estamos ocupados com alguma coisa ou deixamos de fazer algo por falta de tempo.
Entretanto, desprezamos um momento importante nas nossas vidas que é o momento de parar tudo. Sim, parar tudo. Pode ser por um momento curto ou longo. Mas é necessário ter essa pausa para avaliarmos o que estamos fazendo, se continuamos no mesmo caminho ou se mudamos a direção. Não estou falando de férias. Pode ser um momento diário no seu atribulado corre-corre. Cinco minutos? Não sei. É você quem vai definir.
Na Bíblia vemos vários exemplos : Em Marcos 6:46 fala ´´E, Tendo-os despedido, foi ao monte orar``. Em Lucas 6:12 ´´ E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus``.  Em Êxodo 10:18 ´´E saiu da presença de Faraó, e orou ao Senhor``.
São momentos únicos que podemos estar mais próximo e totalmente a disposição Daquele que realmente pode conduzir nossa vida de forma correta.

Faça uma pausa. Não deixe seu dia consumir suas forças. Um dia passado não volta mais atrás.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Fui Perdoado, E Agora?

Sempre ouvimos falar que temos que perdoar as pessoas e que isso nos fará muito bem.
Ao liberarmos perdão independente de estarmos certos ou errados, nos traz uma sensação de paz e tranquilidade, além de alívio em algumas pessoas.
É muito estranho alguém chegar para nós e nos pedir perdão. A primeira resposta que normalmente damos é: Quem sou eu para perdoar alguém? Ou até mesmo o sempre citado: Quem tem que perdoar é Deus!
Porém, queria me colocar no lugar da pessoa que pede e recebe esse perdão e o que ela faz a partir daí, depois de ter sido perdoada.  Muitas pessoas insistem em cometer o mesmo erro por várias vezes e ainda assim continuam sendo perdoadas. A Bíblia relata que devemos perdoar setenta vezes sete, ou seja, devemos ter um coração perdoador.  Entretanto, será que devemos ser perdoados setenta vezes sete? Ou seja, insistir em errar tanto assim? É muito erro para uma pessoa só!
Sei que temos erros voluntários e também involuntários. Às vezes somos induzidos ao erro e acabamos nas armadilhas que nos são preparadas. Quando vemos já estamos errando e por muitas vezes prejudicando pessoas. Ao sermos perdoados estamos tendo uma segunda chance para recomeçarmos desse novo ponto em diante. Mas como aproveitamos essa nova chance?
Primeiramente creio que devemos parar pra pensar se realmente estamos arrependidos do que fizemos ou se esse pedido de perdão é da boca pra fora. Muitas vezes, pra nos vermos livre do problema, pedimos perdão sem nem mesmo saber o que estamos fazendo.
Perdão é um ato que recebemos sem exigência, sem troca ou barganha. Ele é dado naturalmente. Portanto, você e eu que estamos sendo perdoados temos que aproveitar essa chance para fazer uma autoanálise e tentar mudar no que estamos errando. Porque, se erramos hoje, também poderemos errar amanhã na mesma ação ou em situações diferentes e assim tornar estes atos coisas naturais. Peguemos essa oportunidade para fazermos uma mudança às vezes grande.
Em Lucas 15:11-32 conta  a história do filho pródigo, que pede a seu pai sua parte na herança e a gasta toda voltando para casa como praticamente um mendigo. Seu pai ao vê-lo, já de antemão o perdoa e prepara um banquete para celebrar esse momento. Meus questionamentos vêm a partir dai: Será que seu filho realmente entendeu o que significou este ato? O que ele vai fazer a partir daí depois de perdoado? Qual a chance de cometer o mesmo erro ou erros diferentes, mas de mesma proporção?
Estamos tendo essa oportunidade nas nossas vidas de nos arrepender e começarmos uma vida nova e imaculada. Sei que poderemos cair em algum momento. Mas sempre devemos estar buscando não cair. Para que possamos ter essa caminhada mais bem direcionada só existe um Caminho e, se deixarmos, Ele estará sempre nos mostrando como fazer. Basta a gente querer.

terça-feira, 26 de julho de 2016

O Impossível Aos Nossos Olhos

Gostaria de começar esse texto falando de três histórias bem conhecidas. A primeira é a de Abraão e Sara contada em Genesis nos capítulos 18 e 21. Ambos receberam uma promessa de ter um filho, mesmo Sara já passando muito da idade de gerar filhos. O fruto dos dois se chamou Isaque e teve sua descendência maior que os grãos de areia da terra e do que as estrelas do céu.
A segunda história fala de Zacarias e Isabel em Lucas 1, onde conta o nascimento de João Batista (um nome não visto ainda na família de Zacarias, mas ordenado pelo anjo)  através de uma mulher estéril. A visita de um anjo anuncia a vinda daquele que seria o anunciador maior da vinda do Cristo.
A terceira história, a mais conhecida de todas, conta a visita de um anjo a uma virgem ainda solteira chamada Maria e diz que a mesma terá um filho concebida pelo Espirito Santo. Desta visita vem o nascimento Daquele que é, e sempre será, o maior nome de todos os tempos.
Por que estou contando essas histórias? Elas servem para colaborar com a sua própria história. Muitas vezes não acreditamos naquilo que nos parece impossível perante nossos olhos e não damos o seu real valor ao que pode acontecer.
Nossa mente é muito pequena para entender o que pode ser feito através da vontade Daquele que comanda o universo. Pra Ele nada é impossível. Nem o que nos parece inacreditável. As maravilhas de Seus atos nos saltam os olhos e mesmo assim custamos a acreditar. Devido a isso podemos ter consequências graves.
Sara não acreditou que poderia naquela idade ter ainda um filho e achou que a promessa era apenas para seu marido. Assim ofereceu sua serva Agar para que Abraão pudesse ter seu filho. Deste relacionamento errado foi concebido Ismael. Seus dois filhos de mulheres diferentes geraram posteriormente uma guerra que até os dias de hoje ainda tem suas consequências.
Zacarias ficou mudo para não revelar a visita do anjo Gabriel até que Isabel desse a luz a João Batista.
Já José (ainda solteiro), para não desonrar Maria, a despeito do que poderia sofrer de represália das pessoas por tal ato, resolveu casar com ela e ter Aquele que daria Sua vida para salvar o mundo.
Diante desses três acontecimentos podemos ver que para cada um deles existe uma promessa, uma atitude das partes e uma consequência posterior. São três promessas vistas como impossíveis nos tempos ocorridos e também nos tempos atuais.
Entretanto apesar delas falarem de nascimento de crianças, tento exemplifica-las através de outros nascimentos. Será que uma nova vida pra você totalmente diferente da sua atual não está bem perto de um pequeno ato de apenas aceitar essa promessa e crer?
Quantas vezes você não creu que possa acontecer um milagre, seja ele qual for, em sua vida e isso gerou consequências não tão boas?
O que você vai gerar através de sua incredulidade diante das promessas que foram feitas a você e não crês que sejam possíveis?
Creia, o milagre pode parecer impossível para nós, mas ele existe se for da vontade Daquele em que cremos.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Quando Seus Planos Não Acontecem

Na vida sempre estamos fazendo planos, às vezes maiores e às vezes menores. A longo prazo ou a curto prazo. Pensamos, estudamos, planejamos, formatamos e fazemos tudo que está ao nosso alcance para que através disto possamos atingir nosso target.
Porém, apesar de tudo isso, muitos desses planos não acontecem exatamente como queremos e o resultado é diferente do que tínhamos prospectado. Por que acontece isso se tínhamos tudo literalmente na palma da mão?
Os nossos sonhos são nossos sonhos e podem até ser também de outras pessoas. Entretanto esses sonhos tem que estar alinhado com mais alguém. Moisés levou seu povo durante quarenta anos para a Terra Prometida enfrentando batalhas, faraós, mares, seu próprio povo e quando foi o grande momento de adentrar em Canaã, Deus disse a ele que ele não entraria.
Derrota? Temos que ver dessa forma? Creio que não. Tudo na vida tem um propósito. Não cabe a nós questiona-Lo. Muitos vão falar que isso é conformismo e que não podemos agir assim. Que temos que lutar até o fim com a força de nosso braço.
Penso que jamais temos que pensar desta forma. Claro, sempre temos que nos esforçar ao máximo. Mas temos que ter em mente que algumas coisas que fogem do nosso controle e não dão certo aos nossos olhos, tem algum motivo para não ter acontecido. Pode ser um livramento ou uma outra porta maior e melhor que será aberta. Podemos até não estarmos enxergando isso na hora do acontecido. Porém o tempo nos irá mostrar.
Em Provérbios capítulo 21 no verso 31 diz: ´´ Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, porém do Senhor vem a vitória``.
A vitória muitas vezes não está visível neste momento. Mas já parou pra pensar na grande vitória de Moisés?

Tenhamos sabedoria pra sentir o momento e tenhamos fé para sabermos que em meio a muitas tempestades a vitória também está presente, só não conseguimos ainda enxerga-la com nossos próprios olhos.

terça-feira, 12 de julho de 2016

O Que Fariam Por Você?

Na atualidade, devido as incontáveis redes sociais, temos uma gama de amigos muito grande. Porém muito deles nem conhecemos pessoalmente ou nunca falamos nem mesmo pela própria rede.
A sociedade moderna nos mede muitas vezes pela quantidade de amigos virtuais, seguidores, likes e outras denominações  que temos em nossos perfis ou a cada foto ou frase que colocamos na web.
Não estou aqui pedindo pra você sair excluindo seus milhares de amigos de suas redes ou se desconectar de todas elas.
Podemos ter essas redes para divulgar eventos, notícias, momentos para compartilhar e muitas outras coisas sadias sem que isso não se torne um vício e uma consequente dependência ou fuga da realidade.
Entretanto deveríamos fazer uma análise para saber quantos desses amigos virtuais realmente são ou serão nossos verdadeiros amigos quando de verdade precisarmos deles.
Em Marcos 2 nos versos 3 e 4 podemos vivenciar um verdadeiro exemplo de amizade:
´´ Vieram alguns homens, trazendo-Lhe um paralítico, carregado pro quatro deles. Não podendo levá-lo até Jesus, por causa da multidão, removeram parte da cobertura do lugar onde Jesus estava, e, através de uma abertura no teto, baixaram a maca em que estava deitado o paralítico ``.Imaginem a cena como um todo. Já parou para pensar quantas pessoas fariam isso por você? Já pensou por quantas pessoas você faria isso? Difícil!
Mas saiba que estes que fariam isso por você ou você faria por eles é que são seus verdadeiros amigos. Independente do que você posta ou segue eles estarão lá com você.
Tente nomeá-los. Descubra quem eles são no meio dos infinitos contatos de sua lista. Depois ligue pra eles e diga o quão importante eles são para você e o quanto você os preza. Pode ser até somente um, mas será verdadeiro. Ou até mesmo nenhum aqui na terra. Mas tem Um que realmente nunca irá te abandonar quando você precisar.

terça-feira, 5 de julho de 2016

Santo de Casa

Muitas vezes ouvimos ou até usamos a expressão ´´santo de casa não faz milagre``. Essa expressão usamos para dizer que não damos ouvidos a quem é de dentro de casa, da nossa própria região ou até mesmo do mesmo nível educacional ou na teoria, ´´inferior``.
Não ouvimos ideias ou conselhos de quem é muito próximo. Ou seja, não damos o real valor a esta pessoa por sua proximidade ou intimidade. Parece que a curta distância cega nossos olhos para que não enxerguemos o valor desta pessoa e a informação que nos passa. Desprezamos a sabedoria, os conselhos e a experiência destes. Algumas vezes até com desdém. Como os filhos caçula de famílias grandes devem sofrer!
Com isso perdemos muitas vezes a oportunidade de primeiramente dar honra a quem se deve honra e também de sermos agraciados com esses conhecimentos aos quais essas pessoas podem nos passar.
Fiquemos atentos a estas pessoas. Muito temos a aprender com elas. Não podemos desprezar seus ensinamentos voluntários ou não. Estejamos abertos para receber tudo e de todos. Só quem ganha com isto será somente nós mesmos.
Mas esse ´´privilégio`` de rejeitar não é só nosso. Jesus Cristo quando foi evangelizar e curar na sua pátria também foi rejeitado pelos sacerdotes de plantão devido sua família ainda habitar por lá. Em Marcos 6:4 Jesus lhes disse: ´´ Só em sua própria terra, entre seus parentes e em sua própria casa, é que um profeta não tem honra.``
Será que vamos deixar passar a oportunidade de aprender um pouco mais tão quanto fizeram estas pessoas? Espero que não! Então vamos mudar este ditado e dizer sempre que santo de casa também faz milagre.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Onde está seu coração?

O mundo moderno exige hoje que tenhamos uma vida muito corrida. Precisamos trabalhar o máximo possível e tentar chegar a um padrão social e econômico alto para que assim possamos ser aprovados pela sociedade em que vivemos e até mesmo por pessoas que não conhecemos e até por aquelas que não gostamos.
É esse padrão de vida que a sociedade nos impõe dia a dia. Não importa para as pessoas sermos alguém. Temos que ter para conseguir obter esse respeito. Sem isso, na sua maioria, somos suportados porque não podemos ser eliminados.
Na maioria dos casos essas pessoas  ´´bem sucedidas`` deitam no seu travesseiro e sentem um enorme vazio. Direcionamos nosso coração para coisas materiais e assim tudo que podemos conseguir palpável deixa de ser importante no minuto seguinte que conquistamos e voltamos nossos olhos para novas metas materiais.
Desta forma esquecemos o mais importante: O Ser. Quem eu sou? O que penso?
Estamos tão ocupados em satisfazer os anseios desta sociedade que esquecemos quem realmente somos. Nos tornamos uma outra pessoa. Colocamos nosso coração em coisas materiais.
Não estou fazendo apologia à pobreza. Pelo contrário. Torço para que as pessoas consigam viver dignamente com o esforço do seu trabalho. Sei que uns terão mais e outros menos. Mas me entristeço quando vejo aqueles que possuem mais pensarem em ter cada vez mais e se esquecerem  do real motivo porque eles tem muito.
Por isso Cristo confrontou o jovem rico e pediu para que ele vendesse tudo e O seguisse. Cristo não queria o dinheiro do jovem. Ele queria tão somente o seu coração. Mas o jovem optou em amar o dinheiro. Cristo poderia dar muito e muito mais ao jovem caso o coração dele estivesse no Senhor.
Será que depois de um vida toda quando você olhar para trás e ver sua riqueza material você estará satisfeito com o que conquistou? E caso não tenha conquistado nada você ficará frustrado?
Em Mateus capítulo 6 dos versos 19 a 21 podemos ver Cristo falar: ´´Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam e roubam. Porque onde estiver teu coração, aí estará o vosso coração.``

Sejamos ricos, podemos ter bens materiais. É justo. Mas não tiremos nosso coração de onde realmente importa. 

terça-feira, 21 de junho de 2016

O Melhor dos Dois Mundos

Certa vez fui assistir um filme com minha filha ainda criança intitulado Hannah Montana – O Melhor dos Dois Mundos.
A história do filme se baseava em uma cantora ´´teen`` que usava um disfarce em suas apresentações e aparições públicas para não ser reconhecida no dia a dia e assim desfrutar das beneficias do estrelato e do sossego do anonimato, podendo escolher a cada tempo o que queria ser.
Passando para a vida real vejo que várias pessoas tentam de diversas maneiras viver em dois mundos diferentes e antagônicos.
Entretanto, lamento dizer que o filme em questão é apenas uma maneira lúdica de diversão, já que no dia a dia é impraticável.
Vamos aos exemplos: Vejo pessoas que querem passar em concursos mas se abdicam de estudar ´´full time`` para poderem aproveitar a noite no fim de semana de forma desordenada. Vejo também pessoas que querem ter bens financeiros mas não gostam de trabalhar muito e acham que a ´´oportunidade`` vai cair do céu. Vejo ainda pessoas que querem um casamento puro, santo, baseado no respeito e na comunhão, mas não refletem esse desejo no seu dia a dia com suas atitudes e nem nos lugares onde escolhem andar.
Desta forma, concluímos que para alcançarmos alguns objetivos na vida precisamos abrir mão de algumas coisas que pensamos fazer, seja boa ou ruim.  
Infelizmente muita gente vai ficar com raiva de você por suas escolhas, vão te esquecer e falar mal de você. Porém, se você tem convicção do que quer e está pautado na palavra de Deus, todas essas opiniões sobre sua pessoa não vão te fazer balançar e a cada dia mais aprofundado nesta verdade  você terá mais certeza e convicção do que quer e onde quer chegar.
Em 1 João 2:15 diz: ´´Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele``.
Complemento dizendo que é impossível servir a dois senhores. Escolha um e abra mão totalmente do outro. Eu escolhi o Pai e estou a cada dia me afastando mais desse outro mundo.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Aprendendo a Esperar

Muitas são nossas vontades e desejos. Quando começamos a ter um deles esperamos que seja, na maioria das vezes, de imediato. Como meninos birrentos, temos por hábito querermos as coisas na mesma hora.
Porém quase sempre as coisas não acontecem na hora que queremos. O ser humano demora nove meses para nascer, uma árvore plantada tem seu tempo de frutificação. Entretanto, insistimos que as coisas aconteçam no nosso tempo.
Quantas vezes apressamos os passos de várias situações para que elas sejam da forma e no momento que queremos? Por causa dessa insistência acabamos errando em várias de nossas atitudes, prejudicando assim os nossos planos, os planos de terceiros e principalmente os planos de Deus para nossas vidas.
Sei que temos o Livre Arbítrio e podemos decidir o que queremos, da forma que queremos e no tempo que queremos.
Mas precisamos ouvir a vontade e o tempo de Deus. Sem esse ouvir podemos estar apressando as coisas e acabar nos dando mal.
Saber esperar o tempo de Deus é questão de sabedoria e maturidade na nossa vida. Poucas são as pessoas que conseguem pacientemente esperar. Seja uma delas.
Vamos nos exercitar na paciência e no esperar!
Em Hebreus no capítulo 6 verso 15 diz: ´´ E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa``.


Esperando com paciência

terça-feira, 7 de junho de 2016

Procurando Acertar

Sou bastante questionado sobre como fazer para encontrar a pessoa certa para casar e como manter um matrimônio feliz.
Muitas dessas pessoas, inclusive eu, já viveram um primeiro relacionamento matrimonial que chegou ao seu fim e, desta forma, se questionam como fazer para ser feliz novamente.
Não há uma fórmula mágica e nem varinha de condão que fará você encontrar a pessoa certa. Porém, gostaria de destacar algumas ações que funcionaram comigo e vem ajudando pessoas.
A primeira delas é que você tem que ser feliz independente de ter um cônjuge ao seu lado. Não busque sua felicidade em alguém.  Pelo contrário, porque você é feliz se torna capaz de tentar fazer outra pessoa feliz. Assim não estará transferindo a culpa da sua felicidade para ninguém.
Depois desse passo importantíssimo, tendo a Bíblia como fonte inesgotável de inspiração, baseie-se no livro de Provérbios no Capítulo 31, do versículo 10 ao 31, onde estão enumeradas  as qualidades da mulher virtuosa. ´´Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.......``. Homens: Procurem uma mulher como esta para casar. Mulheres: Busquem ser essa mulher.
Já no livro de 1 Timóteo, no Capítulo 3 Paulo descreve um modelo de homem reto e exemplo para seu lar e para a comunidade. Homens: Espelhem-se neste conselho. Mulheres: procurem casar com um homem que possua esses atributos.
É difícil encontrar? Pode até ser, mas caso você não encontre rapidamente, resguarde-se para o momento certo. Coloque seu joelho no chão e espere pacientemente o Espírito Santo lhe mostrar. Assim você diminui as chances de dar errado. E não vale dizer que não avisei .......


terça-feira, 31 de maio de 2016

O Chamado


Muitas vezes ficamos nos questionando que profissão seguir e como tocar nossa vida e o que fazer com ela.
A sociedade como um todo nos exige que tenhamos uma profissão de sucesso, que sejamos felizes no casamento, que tenhamos filhos e seguimos uma vida considerada ´´normal``.
Porém é ensinado nas escolas o alfabeto do ABCD. Sendo que quando paramos para pensar o verdadeiro alfabeto que temos que seguir é o do OBeDeCer. Mas obedecer a quem?
Nas escrituras sagradas vemos em vários textos os homens obedientes e os homens desobedientes a Deus e o destino que cada um deles alcançou.
Não estou aqui querendo dizer que não posso ter sonhos, desejos e vontades próprias. Porém tenho que ajustar esses sonhos aos sonhos de Deus para a minha vida. Toda vez que quis seguir com minhas próprias pernas o meu caminho não cheguei a lugar nenhum. Mas quando consegui ouvir de Deus por onde Ele realmente quer que eu ande a caminhada foi outra.
Outras vezes até conseguimos alcançar os objetivos traçados pelo homem. Mas quando chegamos lá sentimos aquela sensação de vazio e de que ainda falta algo.
Talvez você pense em ser médico para salvar vidas, mas Deus talvez queira que você seja usado para curar almas.
Talvez você queira ser engenheiro para construir prédios e estradas, mas Deus talvez queira que você seja a ponte entre Ele e as pessoas.
Talvez você queira ser juiz para dar vereditos corretos, mas talvez o Criador queira que você seja instrumento de justiça do Reino Dele.
Talvez você não acredite em Deus, porém Ele jamais desistirá de você.
Que tal começarmos a ouvir melhor a palavra de Deus e sermos mais obedientes? Já parou para pensar que seu destino pode ser outro completamente diferente do que você terá fazendo o que faz hoje?
Afinal de contas em Romanos 12:2 nos convida a ´´experimentar a vontade de Deus que é boa, agradável e perfeita``.

Feliz na obediência.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Permita-se Ser Mais Feliz!

No natal de 2015 recebi de um grande fornecedor nosso uma camisa de presente com os seguintes dizeres na parte da frente: Permita-se Ser Mais Feliz.
Comecei a pensar na frase e me questionei como eu, que me considero uma pessoa feliz, poderia me permitir a ser mais feliz.
Fui pesquisar no dicionário o verdadeiro significado da palavra feliz e cheguei a esta resposta:´´Que tem ou revela felicidade, contentamento; Que causa felicidade; Que tem muita sorte; Que se sente satisfeito, realizado; Que é favorável; Abençoado;, bendito; Que foi bem imaginado ou bem executado; Que teve sucesso.``
Baseado nisso decidi saber como chegar a ser mais feliz já que continuava me considerando uma pessoa feliz.
Fui então buscar no livro que mudou a minha vida e ao qual tento seguir e me baseio para tomar todas as minhas atitudes desde então: A Biblía
Achei muitos versículos que falam na palavra feliz ou nos seus sinônimos e raparto alguns com você:
´´ Louvai ao Senhor. Feliz o homem que tem ao Senhor, que em seus mandamentos tem grande prazer.`` Salmos 112:1
´´ Feliz o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento`` Provérbios 3:13
´´Feliz é o homem a quem Tu castigas, ó Senhor; e a quem ensinas a Tua lei.`` Salmos 94:12
´´ Eis que feliz é o homem a quem Deus repreende; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso`` Jó 5:17
´´Provai, e vede que o Senhor é bom; feliz o homem que nele confia.`` Salmos 34:8
´´ Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor; e o povo ao qual escolheu para sua herança.`` Salmos 33:12
´´ O que despreza ao próximo peca, mas o que se compadece dos humildes é feliz.`` Provérbios 14:21
´´ Feliz aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.`` Salmos 128:1
´´ Feliz é o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.`` Salmos 32:2
´´ Feliz é aquele que atende ao pobre; o Senhor o livrará no dia do mal.`` Samos 41:1
´´ Felizes os mansos, porque eles herdarão a terra; Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Felizes os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Felizes os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Felizes os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Felizes sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. `` Mateus 5:5-11
Cheguei a uma conclusão rápida e honesta: Sim, sou feliz, mas ainda há muito espaço para ser mais feliz. Basta eu me permitir.
E você? Vai se permitir ser mais feliz?



terça-feira, 17 de maio de 2016

Quer um conselho?

O mundo gira e não para. Assim como ele, também não podemos parar. Estamos o tempo todo em atividade e tendo que tomar decisões uma atrás da outra. A maioria dessas decisões são fáceis: o que comer, o que vestir, se dobramos à direita ou à esquerda. São as decisões do nosso cotidiano.
Porém, existem algumas decisões um pouco mais complexas e que precisam de mais reflexão. São ações que temos que tomar que podem mudar nosso destino, nossa vida, a vida de outras pessoas e até mesmo de uma nação. Para isso temos várias ferramentas que podem nos ajudar na tomada dessas decisões: estudo, reflexão, espiritualidade, vivência, maturidade, dentre outras.
Gostaria de falar de uma ferramenta que muitas vezes não usamos, desprezamos ou não queremos contar com ela. Por pensar que sabemos tudo, que o outro não sabe de nada, que vivenciamos aquilo todo dia ou outras desculpas quaisquer, ignoramos a força e o poder que tem um conselho.
Em Provérbios 15:22 diz que  ´´Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam`` e em Provérbios 24:6 ´´Quem sai à guerra precisa de orientação, e com muitos conselheiros se obtém a vitória``.
Não estou aqui te incentivando a ouvir toda e qualquer pessoa, pelo contrário. Devemos ouvir pessoas em que confiamos, que nos amam, que querem o bem dos outros e que podem agregar alguma coisa a seu conhecimento ou a seus planos.
Um passo errado pode fazer toda a diferença, assim como um conselho errado. Temos que ter um filtro no conselho recebido. Meditemos nisso. E aí sim, partimos ou não para a ação.
Sejamos sábios para escolher a quem vamos ouvir. Muitas vezes o conselho pode vir da natureza, de uma criança ou de uma situação de um passado distante. Fiquemos atentos a estes sinais também.


Quer um conselho?

terça-feira, 10 de maio de 2016

Falar, Se Preciso For!

Algumas pessoas são bastante comunicativas, se expressam bem e estão sempre sendo o centro das atrações nas rodas de conversas. Porém, muitas vezes não sabem o que falam, não sabem a hora de calar ou até mesmo como falar certas coisas.
Antes de falar temos a possibilidade de pensar no que falar. Nem tudo que se pensa deve ser dito. Existem momentos que certas falas são impróprias com o ambiente ou com os ouvintes daquele momento. As diversas situações exigem habilidade para saber o timing do que, do como e do onde falar, se é que é preciso realmente falar.
Vemos muitas vezes as pessoas perderem a oportunidade de ficarem calados e abrirem a boca para falar o que não devem, na hora errada ou ainda para as pessoas inapropriadas.
Nem sempre se precisa abrir a boca para dizer alguma coisa. Nos nossos gestos, nas nossas atitudes e no nosso vestir estamos também nos expressando e falando alguma coisa para a plateia.
Controlemos nossos pensamentos. Controlemos nossa língua. Controlemos nossos atos.
Em Provérbios 17:28 diz: ´´Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido``.
Vamos pensar antes de falar? Se preciso for!

terça-feira, 3 de maio de 2016

Uma Só Balança

Duas semanas atrás vi pelas redes sociais um post falando sobre o conserto de um celular. O texto falava de uma cliente que estava com seu aparelho danificado e a mesma o levou ao conserto.
Chegando à primeira assistência técnica, foi cobrado um preço exorbitante alegando um tipo de defeito no aparelho. Não contente com o valor do orçamento, a cliente se dirigiu a outro estabelecimento. O técnico fez uma limpeza de alguns segundos e entregou o aparelho em perfeito funcionamento. A cliente perguntou quanto custou e o técnico disse que nada custaria, mas pediu que a mesma divulgasse em suas redes sociais o nome do estabelecimento. Assim foi feito e dias depois o estabelecimento estava lotado devido o marketing da honestidade.
Quando li o relato percebi que poderia ser uma grande estratégia de marketing e o fato não teria acontecido verdadeiramente como relatado nas redes sociais.
Curiosamente, hoje meu aparelho celular travou de maneira que nada eu poderia fazer nele, quem me ligava o ouvia chamando, mas eu não ouvia nem via nada no meu aparelho.
Levei-o a uma assistência e o atendente, sem olhar ou abrir o aparelho, já foi dando o diagnóstico e o preço do conserto. Relutei em acreditar no valor e argumentei algumas coisas, sem sucesso.
Fui para uma outra assistência técnica que diziam ser muito cara e, para surpresa minha, o técnico apertou dois botões simultaneamente por dez segundos e bingo! O aparelho voltou a funcionar.
Preço do serviço: apenas um muito obrigado. Fiquei super feliz e surpreso visto que sou leigo quando se trata de tecnologia e poderia ser enganado facilmente.
Destes dois fatos tiro duas grandes lições: a primeira, que não podemos julgar o que vemos ou que ouvimos sem que tenhamos provas concretas dos fatos acontecidos e suas veracidades. Somos muito rápidos em nossas conclusões e julgamentos.
A segunda, na minha opinião a mais importante, é de como estamos vivendo em um mundo de balanças irregulares. Pessoas que querem levar vantagem em cima de outras pessoas que são leigas em certas situações.
Em Provérbios 20:23 diz: ´´Pesos diferentes são abomináveis ao Senhor, e balança enganosa não é boa``.
Diante do exposto, te lanço um convite: vamos regular nossas balanças e ter uma vida mais justa com o próximo?


Na paz de Cristo

terça-feira, 26 de abril de 2016

Um Grau

Sempre na nossa vida estamos traçando planos para o futuro e nos aprimorando no presente para podermos chegar a esse futuro pretendido.
Estudamos, fazemos cursos, estamos sempre trabalhando em prol de um futuro melhor e tranquilo.
Porém, o dia de hoje pode definir esse nosso futuro e dizer um pouco do que seremos nele.
As nossas escolhas de hoje definem onde poderemos chegar e como chegaremos.
Muitas vezes estamos protelando essas escolhas para podermos viver um presente e esquecemos que, no hoje, temos que abdicar de algumas coisas a favor deste futuro que queremos para nós.
Mas, e como estão nossas escolhas? Certamente que algumas são mais importantes que outras e influenciam mais quando falamos de futuro.
Um grande navio é comandado apenas por um pequeno leme. É ele que conduz para onde queremos levar esse navio. Em que direção está apontado nosso leme? Uma mudança de apenas um grau no leme em uma viagem muito pequena talvez não faça diferença nenhuma. Mas uma mudança de um grau em uma viagem longa como a nossa vida pode fazer toda diferença e nos levar para o ponto A que queremos ou para o ponto Z totalmente distante de onde queremos chegar.
Vamos ajustar nossos lemes hoje para que consigamos chegar onde queremos. Mesmo que estejamos indo na direção errada, ainda há tempo para mudarmos a direção de muitas coisas e chegarmos a muitos lugares que pensamos em chegar nos nossos planos feitos tempos atrás.
Em Tiago 3:4 a palavra de Deus diz: ´´Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.``

Quem comanda o leme é você e só você está no comando da sua vida. Mas você pode escolher um novo Comandante. Experiente, Ele vai te guiar nas escolhas corretas. Coloca teu navio nas mãos Dele. Só Cristo vai te conduzir na direção certa.

terça-feira, 19 de abril de 2016

O que você faz, quem você é quando está sozinho?

Vivemos num mundo onde estamos o tempo todo nos policiando no que falamos e no que fazemos. Estamos sempre medindo nossas palavras e nossas atitudes.
Um pensamento que nos vem com frequência é se estamos sendo aceitos na sociedade em que habitamos.
Tentamos sempre seguir padrões que nos encaixam e que nos fazem ser bem recebidos por esta sociedade que pretendemos conviver.
Mas quando estamos sozinhos podemos nos despir de tudo que fazemos na sociedade.
E aí? Quem realmente sou? Quem realmente você é?
É quando estamos sozinhos que podemos ser nós mesmos, despreocupados em sermos aceitos ou não. Tudo a que fomos  ´´domesticados`` pode ser deixado de lado e então estamos confortáveis para fazermos literalmente o que queremos e da forma que queremos.
Esses dois ´´Eus`` que vivem dentro de nós estão a que distância um do outro? São tão diferentes assim? Ou são muito parecidos?
Despidos de todas as máscaras, somos a mesma pessoa?
A partir do momento que sabemos quem realmente somos, tudo se torna mais fácil e então passamos a ser a mesma pessoa, em toda e qualquer situação.
Se nos encontramos em Cristo Jesus, Ele nos revela quem somos realmente e nos forja o caráter.
Convido você a deixar Cristo agir por você. Assim seremos o mesmo em qualquer lugar.


terça-feira, 12 de abril de 2016

O que estou enxergando?


Por inúmeras vezes as pessoas se queixam da atual situação e tendem a colocar a culpa em tudo e em todos.
Sempre tentamos visualizar nossos problemas de uma forma direta e simplória e a melhor forma e mais rápida de nos livrarmos destes problemas.
Via de regra não medimos as consequências futuras das ações feitas para sairmos destes problemas. Queremos sair de qualquer maneira.
Nosso campo de visão nesses momentos se torna pequeno e unilateral.
Tendemos a escolhas rápidas e simplórias contanto que a sensação de alívio chegue rápido e seja eficiente.
Mas será que estamos enxergando de uma forma correta a verdadeira situação?
Muitas vezes ficamos limitados a esse raio de visão e não enxergamos o mar de oportunidades que nos cerca a todo momento. Já estamos no meio do problema e agora não basta apenas sair dele. Até mesmo porque essa saída pode ser momentânea e podemos voltar ao problema em um futuro não tão longe.
Todo problema tem uma solução, se não tivesse não seria problema. Mas a ideia é aproveitar a oportunidade que estamos tendo dentro do contexto para podermos criar situações em que possamos resolver o problema e ainda levarmos ´´vantagem`` nessa solução.
Temos que parar para enxergar o que está em nossa volta e entender as inúmeras soluções para o mesmo tipo de problema. Não sejamos tão diretos. Criemos um meio para que a solução deste problema sirva de lição e aprendizado para futuras situações que possamos entrar e não mais chegarmos a um problema.
Em João 4:9 a samaritana diz a Jesus: ´´Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou samaritana?``
Nessa época os judeus não falavam com os samaritanos e muito menos davam atenção às mulheres. Porém a mulher perdeu a grande oportunidade que teve frente a frente com o Deus Vivo, Jesus Cristo, por ter uma visão limitada da situação que estava vivendo. Só conseguiu enxergar o problema.
E você? Só está enxergando o problema ou está conseguindo ver as oportunidades que estão se apresentando através de um ´´problema``?

Deus nos abençoe

terça-feira, 5 de abril de 2016

Tempo de Colheita

Muito se ouve falar no tempo de colheita, quer seja nas igrejas ou no nosso dia a dia.
Pensando sobre isso fico me questionando quando será o meu tempo de colheita.  Será esse ano? Amanhã? Ou só daqui algum tempo?
É interessante notar que quando se fala de colheita sempre se fala em coisas positivas. Presume-se que quem planta sempre colherá coisas boas.
Mas isso não é uma verdade 100%. Muitas vezes estamos plantando coisas que realmente não sabemos o que vamos colher.
Como estamos tratando as pessoas no nosso dia a dia? Como elas merecem ou como gostaríamos de ser tratados?
Nessa nossa caminhada pela vida o que temos plantado? Verdadeiras amizades ou falsidades e jogo de interesses? Paz ou discórdia e intriga? Ajuda ao próximo ou desprezo pelas pessoas? Somos trabalhadores ou apenas ficamos esperando o relógio bater 17 horas e chegar o fim do expediente?
O tempo de colheita é o agora, esse momento. Todo tempo estamos colhendo o que plantamos e também estamos plantando para uma colheita futura.
Às vezes a colheita demora, mas não duvide que ela chegará. Por isso temos que pensar o que plantar e como plantar.
Cada fruto tem seu tempo de maturação para podermos colher.
Não posso ficar achando que minhas atitudes dependem das atitudes dos outros, ou do governo, ou de tempo. Tenho que refletir no que plantar e no como agir. Desta forma teremos uma chance de colher melhores frutos e no tempo certo.
Poderia passar mais tempo aqui exemplificando inúmeros tipos de plantações bem sucedidas ou mal sucedidas e o que elas acarretaram. Mas preciso desejar o quanto antes uma boa plantação para que você possa ter uma boa colheita.

Afinal de contas em Oséias 8:7 diz que ´´quem planta vento, colhe tempestade``. 

Tenha uma semana abençoada

terça-feira, 29 de março de 2016

Um Bom Rei


Numa tarde chuvosa estava eu em casa a brincar no chão da sala com meu filho de 4 anos. Coloquei uma coroa na cabeça e ele na sua sabedoria de criança ficou me olhando e disse: Papai você é um bom Rei. E continuou a brincar naturalmente como se não tivesse dito nada demais.
Realmente pra ele não foi dito nada demais. No entanto, comecei a pensar initerruptamente no que ele disse. Me perguntei automaticamente porque ele teria dito isto. No olhar puro de uma criança que não tem vícios da sociedade e ideias formadas por terceiros, tudo é visto com bons olhos e inocência.
Continuei a me questionar porque nós adultos também não temos esse olhar que tínhamos quando pequeninos. Sim, nós tínhamos esse olhar!
A palavra de Deus diz em Mateus que ´qualquer um que não receber o reino de Deus como menino, de maneira nenhuma entrará nele´. Mas o que realmente isto quer dizer?
Nós adultos estamos sempre preocupados e não temos tempo para parar e sermos novamente crianças. As crianças são puras, não veem maldade nas pessoas e em suas atitudes. Se entregam facilmente de peito aberto e mostram quem elas realmente são, sem esconder seus gostos e suas vontades. Choram quando querem, esperneiam quando precisam e sabem com maestria nos conquistar.
Através do seu crescimento, nós adultos vamos moldando estas crianças futuros adultos da maneira que gostaríamos que elas fossem. Mudando seu comportamento, sua maneira de agir e ditando normas para uma sociedade. Com quantas pessoas você fala ou convive de que não gosta ou até mesmo não suporta? Mas a sociedade te impõe um convívio exemplar. As crianças quando não gostam de alguém ou sentem medo elas acusam isso rapidamente em seu comportamento e no seu gestual.
Logicamente que se pra cada pessoa que não gostamos nós nos portássemos de forma arredia, muitos seriam o que não mais conviveríamos.
Longe de mim estar aqui pregando o caos e a anarquia. Mas seria bastante interessante deixarmos a criança que existe ainda escondido dentre de nós decidir algumas atitudes.
Por isso convido a sermos mais puros e vivermos em uma sociedade sem interesses e sem medir muito as nossas palavras. Sejamos educados sim, queremos viver em harmonia, mas não podemos ser falsos para tentar sermos agradáveis e aceitos por esta mesma sociedade que nos julga diariamente com a mesma ferocidade que a julgamos.

Que Deus nos proteja.

terça-feira, 22 de março de 2016

Pau Que Nasce Torto

Ouve-se muito dizer que `Pau que nasce torto morre torto`. Em outras palavras, não acredita-se que pessoas que passam uma vida errando nas mesmas coisas não são capazes de mudar, e mudar para melhor.
Na bíblia encontra-se que o ser humano (eu e você) nasceu a imagem e semelhança de Deus. Partindo dessa afirmação entendemos que todas as pessoas nasceram com um DNA muito bom, já que a natureza de Deus é boa. Boa não, excelente.
Mas como acreditar que pessoas que sucessivamente insistem em cometer os mesmos erros e por muitas vezes taxadas de ter natureza ruim podem ser a imagem e semelhança de Deus?
Faço um convite para viajar para dentro de si para que possa entender o outro. 
Como posso viver comigo mesmo todos os dias? Como sou difícil de conviver comigo! 
Entenda que tentar moldar uma pessoa ao que você quer que ela seja não é viver ou conviver com outra pessoa e sim uma tentativa de viver com vários `EU` em outros corpos.
Podemos mudar o cabelo, o modo de vestir e de falar, emagrecer, visitar outros ambientes e aprender novas culturas.
Tudo isso tem sua valia, mas nada disso nos mudará de verdade. Somente nos agregará novos valores. Nós somos chamados de indivíduos porque cada um de nós tem sua individualidade preservada. Todos diferentes. Seria muito chato conviver aonde fosse comigo mesmo. Eu já saberia o que esperar de mim mesmo em todas as ocasiões.
A verdadeira mudança está dentro de nós mesmos. Alguém dentro de nós (Espirito Santo) nos incomoda todo dia para mudar e sermos nova criatura. Nós que não conseguimos escutar porque estamos preocupados e ocupados demais para ouvi-lo.
Já que eu posso mudar em todos os aspectos, o `Pau que nasce torto` do começo desse texto também pode mudar.
Dê uma chance a si mesmo. Ouça, mude. Não tenha medo. Essa mudança depende só de você. Basta querer. Você deixará também de ser um `Pau que nasce torto`.


Na paz

terça-feira, 15 de março de 2016

A Arte de Perdoar


Muitas vezes cruzamos na rua ou em outros lugares com pessoas que estão tristes, aborrecidas ou até mesmo prontas a te dar uma resposta com rispidez. Parecem uma bomba relógio pronta pra explodir a qualquer segundo.
A nossa natureza faz com que estejamos também prontos pra responder a este tipo de pessoa sempre com palavras ou atitudes mais ferinas do que as que recebemos. Não conseguimos perceber o que passa com essa pessoa, o que ela tem vivido ou o que acontece ao seu redor.
Cabe uma reflexão para nós mesmos. Precisamos de um minuto de autocontrole para refletir sobre o que passa e o que passou em nossas vidas.
Será que nunca tivemos nessa mesma situação? Será que o que esta pessoa está passando é temporário ou permanente? Na nossa vida tudo foram flores? Já passamos por momentos de dificuldades, desertos ou vales que pareciam nunca acabar?
Muitas vezes somos rápido em julgar as outras pessoas sem pensar que o que ela passa pode ter acontecido conosco.
Ignoramos nosso erro ou atitude para que olhemos o erro do outro.
Temos que viver uma vida mais light, com menos pressão de sermos os certinhos e os super-homens de plantão.
A palavra de Deus fala do perdão em vários versículos e cabe a nós começarmos a nos perdoar para estamos leves e sermos mais condescendentes com as pessoas.
Erramos todos os dias e a toda hora. Erros pequenos ou erros grandes. Não importa. Estamos errando o tempo todo. Não que isso seja justificável. Temos que nos espelhar em Cristo que jamais errou e tentarmos ser igual a Ele.
Porém no momento que começamos a olhar na direção certa que é Jesus Cristo, o erro das pessoas nos vai parecer insignificantes independente do tamanho dele.
Começaremos a ter domínio maior de nossos atos e nosso coração será menos julgador e mais acalentador.
Não passaremos a mão na cabeça de quem está errando. Temos que exortar com amor e misericórdia. Assim como Cristo faz conosco todos os dias.
Vivemos em comunidade e precisamos nos suportar uns aos outros.
Pergunte ao seu próximo se pode ajuda-lo em vez de julga-lo. Às vezes apenas um `Bom Dia` para um desconhecido poderá mudar o seu dia e o meu dia. Já pensou nisso?
Tente. Não tenha vergonha de perdoar.
Perdoar não significa estar nem acima nem abaixo de ninguém.
Comece perdoando você mesmo.  Vou começar comigo.
Você vai se sentir melhor e as pessoas também.
São com pequenas atitudes de perdão e misericórdia que podemos mudar nosso mundo.

Que Deus nos abençoe