terça-feira, 31 de maio de 2016

O Chamado


Muitas vezes ficamos nos questionando que profissão seguir e como tocar nossa vida e o que fazer com ela.
A sociedade como um todo nos exige que tenhamos uma profissão de sucesso, que sejamos felizes no casamento, que tenhamos filhos e seguimos uma vida considerada ´´normal``.
Porém é ensinado nas escolas o alfabeto do ABCD. Sendo que quando paramos para pensar o verdadeiro alfabeto que temos que seguir é o do OBeDeCer. Mas obedecer a quem?
Nas escrituras sagradas vemos em vários textos os homens obedientes e os homens desobedientes a Deus e o destino que cada um deles alcançou.
Não estou aqui querendo dizer que não posso ter sonhos, desejos e vontades próprias. Porém tenho que ajustar esses sonhos aos sonhos de Deus para a minha vida. Toda vez que quis seguir com minhas próprias pernas o meu caminho não cheguei a lugar nenhum. Mas quando consegui ouvir de Deus por onde Ele realmente quer que eu ande a caminhada foi outra.
Outras vezes até conseguimos alcançar os objetivos traçados pelo homem. Mas quando chegamos lá sentimos aquela sensação de vazio e de que ainda falta algo.
Talvez você pense em ser médico para salvar vidas, mas Deus talvez queira que você seja usado para curar almas.
Talvez você queira ser engenheiro para construir prédios e estradas, mas Deus talvez queira que você seja a ponte entre Ele e as pessoas.
Talvez você queira ser juiz para dar vereditos corretos, mas talvez o Criador queira que você seja instrumento de justiça do Reino Dele.
Talvez você não acredite em Deus, porém Ele jamais desistirá de você.
Que tal começarmos a ouvir melhor a palavra de Deus e sermos mais obedientes? Já parou para pensar que seu destino pode ser outro completamente diferente do que você terá fazendo o que faz hoje?
Afinal de contas em Romanos 12:2 nos convida a ´´experimentar a vontade de Deus que é boa, agradável e perfeita``.

Feliz na obediência.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Permita-se Ser Mais Feliz!

No natal de 2015 recebi de um grande fornecedor nosso uma camisa de presente com os seguintes dizeres na parte da frente: Permita-se Ser Mais Feliz.
Comecei a pensar na frase e me questionei como eu, que me considero uma pessoa feliz, poderia me permitir a ser mais feliz.
Fui pesquisar no dicionário o verdadeiro significado da palavra feliz e cheguei a esta resposta:´´Que tem ou revela felicidade, contentamento; Que causa felicidade; Que tem muita sorte; Que se sente satisfeito, realizado; Que é favorável; Abençoado;, bendito; Que foi bem imaginado ou bem executado; Que teve sucesso.``
Baseado nisso decidi saber como chegar a ser mais feliz já que continuava me considerando uma pessoa feliz.
Fui então buscar no livro que mudou a minha vida e ao qual tento seguir e me baseio para tomar todas as minhas atitudes desde então: A Biblía
Achei muitos versículos que falam na palavra feliz ou nos seus sinônimos e raparto alguns com você:
´´ Louvai ao Senhor. Feliz o homem que tem ao Senhor, que em seus mandamentos tem grande prazer.`` Salmos 112:1
´´ Feliz o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento`` Provérbios 3:13
´´Feliz é o homem a quem Tu castigas, ó Senhor; e a quem ensinas a Tua lei.`` Salmos 94:12
´´ Eis que feliz é o homem a quem Deus repreende; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso`` Jó 5:17
´´Provai, e vede que o Senhor é bom; feliz o homem que nele confia.`` Salmos 34:8
´´ Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor; e o povo ao qual escolheu para sua herança.`` Salmos 33:12
´´ O que despreza ao próximo peca, mas o que se compadece dos humildes é feliz.`` Provérbios 14:21
´´ Feliz aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.`` Salmos 128:1
´´ Feliz é o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.`` Salmos 32:2
´´ Feliz é aquele que atende ao pobre; o Senhor o livrará no dia do mal.`` Samos 41:1
´´ Felizes os mansos, porque eles herdarão a terra; Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Felizes os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Felizes os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Felizes os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Felizes sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. `` Mateus 5:5-11
Cheguei a uma conclusão rápida e honesta: Sim, sou feliz, mas ainda há muito espaço para ser mais feliz. Basta eu me permitir.
E você? Vai se permitir ser mais feliz?



terça-feira, 17 de maio de 2016

Quer um conselho?

O mundo gira e não para. Assim como ele, também não podemos parar. Estamos o tempo todo em atividade e tendo que tomar decisões uma atrás da outra. A maioria dessas decisões são fáceis: o que comer, o que vestir, se dobramos à direita ou à esquerda. São as decisões do nosso cotidiano.
Porém, existem algumas decisões um pouco mais complexas e que precisam de mais reflexão. São ações que temos que tomar que podem mudar nosso destino, nossa vida, a vida de outras pessoas e até mesmo de uma nação. Para isso temos várias ferramentas que podem nos ajudar na tomada dessas decisões: estudo, reflexão, espiritualidade, vivência, maturidade, dentre outras.
Gostaria de falar de uma ferramenta que muitas vezes não usamos, desprezamos ou não queremos contar com ela. Por pensar que sabemos tudo, que o outro não sabe de nada, que vivenciamos aquilo todo dia ou outras desculpas quaisquer, ignoramos a força e o poder que tem um conselho.
Em Provérbios 15:22 diz que  ´´Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam`` e em Provérbios 24:6 ´´Quem sai à guerra precisa de orientação, e com muitos conselheiros se obtém a vitória``.
Não estou aqui te incentivando a ouvir toda e qualquer pessoa, pelo contrário. Devemos ouvir pessoas em que confiamos, que nos amam, que querem o bem dos outros e que podem agregar alguma coisa a seu conhecimento ou a seus planos.
Um passo errado pode fazer toda a diferença, assim como um conselho errado. Temos que ter um filtro no conselho recebido. Meditemos nisso. E aí sim, partimos ou não para a ação.
Sejamos sábios para escolher a quem vamos ouvir. Muitas vezes o conselho pode vir da natureza, de uma criança ou de uma situação de um passado distante. Fiquemos atentos a estes sinais também.


Quer um conselho?

terça-feira, 10 de maio de 2016

Falar, Se Preciso For!

Algumas pessoas são bastante comunicativas, se expressam bem e estão sempre sendo o centro das atrações nas rodas de conversas. Porém, muitas vezes não sabem o que falam, não sabem a hora de calar ou até mesmo como falar certas coisas.
Antes de falar temos a possibilidade de pensar no que falar. Nem tudo que se pensa deve ser dito. Existem momentos que certas falas são impróprias com o ambiente ou com os ouvintes daquele momento. As diversas situações exigem habilidade para saber o timing do que, do como e do onde falar, se é que é preciso realmente falar.
Vemos muitas vezes as pessoas perderem a oportunidade de ficarem calados e abrirem a boca para falar o que não devem, na hora errada ou ainda para as pessoas inapropriadas.
Nem sempre se precisa abrir a boca para dizer alguma coisa. Nos nossos gestos, nas nossas atitudes e no nosso vestir estamos também nos expressando e falando alguma coisa para a plateia.
Controlemos nossos pensamentos. Controlemos nossa língua. Controlemos nossos atos.
Em Provérbios 17:28 diz: ´´Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido``.
Vamos pensar antes de falar? Se preciso for!

terça-feira, 3 de maio de 2016

Uma Só Balança

Duas semanas atrás vi pelas redes sociais um post falando sobre o conserto de um celular. O texto falava de uma cliente que estava com seu aparelho danificado e a mesma o levou ao conserto.
Chegando à primeira assistência técnica, foi cobrado um preço exorbitante alegando um tipo de defeito no aparelho. Não contente com o valor do orçamento, a cliente se dirigiu a outro estabelecimento. O técnico fez uma limpeza de alguns segundos e entregou o aparelho em perfeito funcionamento. A cliente perguntou quanto custou e o técnico disse que nada custaria, mas pediu que a mesma divulgasse em suas redes sociais o nome do estabelecimento. Assim foi feito e dias depois o estabelecimento estava lotado devido o marketing da honestidade.
Quando li o relato percebi que poderia ser uma grande estratégia de marketing e o fato não teria acontecido verdadeiramente como relatado nas redes sociais.
Curiosamente, hoje meu aparelho celular travou de maneira que nada eu poderia fazer nele, quem me ligava o ouvia chamando, mas eu não ouvia nem via nada no meu aparelho.
Levei-o a uma assistência e o atendente, sem olhar ou abrir o aparelho, já foi dando o diagnóstico e o preço do conserto. Relutei em acreditar no valor e argumentei algumas coisas, sem sucesso.
Fui para uma outra assistência técnica que diziam ser muito cara e, para surpresa minha, o técnico apertou dois botões simultaneamente por dez segundos e bingo! O aparelho voltou a funcionar.
Preço do serviço: apenas um muito obrigado. Fiquei super feliz e surpreso visto que sou leigo quando se trata de tecnologia e poderia ser enganado facilmente.
Destes dois fatos tiro duas grandes lições: a primeira, que não podemos julgar o que vemos ou que ouvimos sem que tenhamos provas concretas dos fatos acontecidos e suas veracidades. Somos muito rápidos em nossas conclusões e julgamentos.
A segunda, na minha opinião a mais importante, é de como estamos vivendo em um mundo de balanças irregulares. Pessoas que querem levar vantagem em cima de outras pessoas que são leigas em certas situações.
Em Provérbios 20:23 diz: ´´Pesos diferentes são abomináveis ao Senhor, e balança enganosa não é boa``.
Diante do exposto, te lanço um convite: vamos regular nossas balanças e ter uma vida mais justa com o próximo?


Na paz de Cristo