terça-feira, 26 de julho de 2016

O Impossível Aos Nossos Olhos

Gostaria de começar esse texto falando de três histórias bem conhecidas. A primeira é a de Abraão e Sara contada em Genesis nos capítulos 18 e 21. Ambos receberam uma promessa de ter um filho, mesmo Sara já passando muito da idade de gerar filhos. O fruto dos dois se chamou Isaque e teve sua descendência maior que os grãos de areia da terra e do que as estrelas do céu.
A segunda história fala de Zacarias e Isabel em Lucas 1, onde conta o nascimento de João Batista (um nome não visto ainda na família de Zacarias, mas ordenado pelo anjo)  através de uma mulher estéril. A visita de um anjo anuncia a vinda daquele que seria o anunciador maior da vinda do Cristo.
A terceira história, a mais conhecida de todas, conta a visita de um anjo a uma virgem ainda solteira chamada Maria e diz que a mesma terá um filho concebida pelo Espirito Santo. Desta visita vem o nascimento Daquele que é, e sempre será, o maior nome de todos os tempos.
Por que estou contando essas histórias? Elas servem para colaborar com a sua própria história. Muitas vezes não acreditamos naquilo que nos parece impossível perante nossos olhos e não damos o seu real valor ao que pode acontecer.
Nossa mente é muito pequena para entender o que pode ser feito através da vontade Daquele que comanda o universo. Pra Ele nada é impossível. Nem o que nos parece inacreditável. As maravilhas de Seus atos nos saltam os olhos e mesmo assim custamos a acreditar. Devido a isso podemos ter consequências graves.
Sara não acreditou que poderia naquela idade ter ainda um filho e achou que a promessa era apenas para seu marido. Assim ofereceu sua serva Agar para que Abraão pudesse ter seu filho. Deste relacionamento errado foi concebido Ismael. Seus dois filhos de mulheres diferentes geraram posteriormente uma guerra que até os dias de hoje ainda tem suas consequências.
Zacarias ficou mudo para não revelar a visita do anjo Gabriel até que Isabel desse a luz a João Batista.
Já José (ainda solteiro), para não desonrar Maria, a despeito do que poderia sofrer de represália das pessoas por tal ato, resolveu casar com ela e ter Aquele que daria Sua vida para salvar o mundo.
Diante desses três acontecimentos podemos ver que para cada um deles existe uma promessa, uma atitude das partes e uma consequência posterior. São três promessas vistas como impossíveis nos tempos ocorridos e também nos tempos atuais.
Entretanto apesar delas falarem de nascimento de crianças, tento exemplifica-las através de outros nascimentos. Será que uma nova vida pra você totalmente diferente da sua atual não está bem perto de um pequeno ato de apenas aceitar essa promessa e crer?
Quantas vezes você não creu que possa acontecer um milagre, seja ele qual for, em sua vida e isso gerou consequências não tão boas?
O que você vai gerar através de sua incredulidade diante das promessas que foram feitas a você e não crês que sejam possíveis?
Creia, o milagre pode parecer impossível para nós, mas ele existe se for da vontade Daquele em que cremos.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Quando Seus Planos Não Acontecem

Na vida sempre estamos fazendo planos, às vezes maiores e às vezes menores. A longo prazo ou a curto prazo. Pensamos, estudamos, planejamos, formatamos e fazemos tudo que está ao nosso alcance para que através disto possamos atingir nosso target.
Porém, apesar de tudo isso, muitos desses planos não acontecem exatamente como queremos e o resultado é diferente do que tínhamos prospectado. Por que acontece isso se tínhamos tudo literalmente na palma da mão?
Os nossos sonhos são nossos sonhos e podem até ser também de outras pessoas. Entretanto esses sonhos tem que estar alinhado com mais alguém. Moisés levou seu povo durante quarenta anos para a Terra Prometida enfrentando batalhas, faraós, mares, seu próprio povo e quando foi o grande momento de adentrar em Canaã, Deus disse a ele que ele não entraria.
Derrota? Temos que ver dessa forma? Creio que não. Tudo na vida tem um propósito. Não cabe a nós questiona-Lo. Muitos vão falar que isso é conformismo e que não podemos agir assim. Que temos que lutar até o fim com a força de nosso braço.
Penso que jamais temos que pensar desta forma. Claro, sempre temos que nos esforçar ao máximo. Mas temos que ter em mente que algumas coisas que fogem do nosso controle e não dão certo aos nossos olhos, tem algum motivo para não ter acontecido. Pode ser um livramento ou uma outra porta maior e melhor que será aberta. Podemos até não estarmos enxergando isso na hora do acontecido. Porém o tempo nos irá mostrar.
Em Provérbios capítulo 21 no verso 31 diz: ´´ Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, porém do Senhor vem a vitória``.
A vitória muitas vezes não está visível neste momento. Mas já parou pra pensar na grande vitória de Moisés?

Tenhamos sabedoria pra sentir o momento e tenhamos fé para sabermos que em meio a muitas tempestades a vitória também está presente, só não conseguimos ainda enxerga-la com nossos próprios olhos.

terça-feira, 12 de julho de 2016

O Que Fariam Por Você?

Na atualidade, devido as incontáveis redes sociais, temos uma gama de amigos muito grande. Porém muito deles nem conhecemos pessoalmente ou nunca falamos nem mesmo pela própria rede.
A sociedade moderna nos mede muitas vezes pela quantidade de amigos virtuais, seguidores, likes e outras denominações  que temos em nossos perfis ou a cada foto ou frase que colocamos na web.
Não estou aqui pedindo pra você sair excluindo seus milhares de amigos de suas redes ou se desconectar de todas elas.
Podemos ter essas redes para divulgar eventos, notícias, momentos para compartilhar e muitas outras coisas sadias sem que isso não se torne um vício e uma consequente dependência ou fuga da realidade.
Entretanto deveríamos fazer uma análise para saber quantos desses amigos virtuais realmente são ou serão nossos verdadeiros amigos quando de verdade precisarmos deles.
Em Marcos 2 nos versos 3 e 4 podemos vivenciar um verdadeiro exemplo de amizade:
´´ Vieram alguns homens, trazendo-Lhe um paralítico, carregado pro quatro deles. Não podendo levá-lo até Jesus, por causa da multidão, removeram parte da cobertura do lugar onde Jesus estava, e, através de uma abertura no teto, baixaram a maca em que estava deitado o paralítico ``.Imaginem a cena como um todo. Já parou para pensar quantas pessoas fariam isso por você? Já pensou por quantas pessoas você faria isso? Difícil!
Mas saiba que estes que fariam isso por você ou você faria por eles é que são seus verdadeiros amigos. Independente do que você posta ou segue eles estarão lá com você.
Tente nomeá-los. Descubra quem eles são no meio dos infinitos contatos de sua lista. Depois ligue pra eles e diga o quão importante eles são para você e o quanto você os preza. Pode ser até somente um, mas será verdadeiro. Ou até mesmo nenhum aqui na terra. Mas tem Um que realmente nunca irá te abandonar quando você precisar.

terça-feira, 5 de julho de 2016

Santo de Casa

Muitas vezes ouvimos ou até usamos a expressão ´´santo de casa não faz milagre``. Essa expressão usamos para dizer que não damos ouvidos a quem é de dentro de casa, da nossa própria região ou até mesmo do mesmo nível educacional ou na teoria, ´´inferior``.
Não ouvimos ideias ou conselhos de quem é muito próximo. Ou seja, não damos o real valor a esta pessoa por sua proximidade ou intimidade. Parece que a curta distância cega nossos olhos para que não enxerguemos o valor desta pessoa e a informação que nos passa. Desprezamos a sabedoria, os conselhos e a experiência destes. Algumas vezes até com desdém. Como os filhos caçula de famílias grandes devem sofrer!
Com isso perdemos muitas vezes a oportunidade de primeiramente dar honra a quem se deve honra e também de sermos agraciados com esses conhecimentos aos quais essas pessoas podem nos passar.
Fiquemos atentos a estas pessoas. Muito temos a aprender com elas. Não podemos desprezar seus ensinamentos voluntários ou não. Estejamos abertos para receber tudo e de todos. Só quem ganha com isto será somente nós mesmos.
Mas esse ´´privilégio`` de rejeitar não é só nosso. Jesus Cristo quando foi evangelizar e curar na sua pátria também foi rejeitado pelos sacerdotes de plantão devido sua família ainda habitar por lá. Em Marcos 6:4 Jesus lhes disse: ´´ Só em sua própria terra, entre seus parentes e em sua própria casa, é que um profeta não tem honra.``
Será que vamos deixar passar a oportunidade de aprender um pouco mais tão quanto fizeram estas pessoas? Espero que não! Então vamos mudar este ditado e dizer sempre que santo de casa também faz milagre.